União dos Municípios do Pontal do Paranapanema

Plano lista 10 projetos para desenvolvimento

Estudo, encomendado pela Unipontal, constata que atividades com maior potencial de riqueza se concentram no agronegócio

Fonte: O Imparcial (Link: http://www.imparcial.com.br/site/plano-lista-10-projetos-para-desenvolvimento)

 

Estudo, encomendado pela Unipontal, constata que atividades com maior potencial de riqueza se concentram no agronegócio
Tendo em mente o aproveitamento de oportunidades de forma organizada e unificada, o PDEPP (Plano de Desenvolvimento Regional e Local para os Municípios do Pontal do Paranapanema), desenvolvido pela Geo Brasilis, lista dez projetos estruturantes, de maior complexidade e relevância, que buscam o desenvolvimento econômico da região. O estudo, elaborado a pedido da Unipontal (União dos Municípios do Pontal do Paranapanema), ainda destaca oportunidades e ações de desenvolvimento para cada uma das 32 cidades que compõem a entidade. O agronegócio segue como principal setor para investimento na região.
Diretor da Geo Brasilis, José Roberto dos Santos, destaca potencialidades da região

O resultado de tal levantamento, que durou quase dois anos e demandou investimento de R$ 280 mil, foi apresentado na noite de ontem aos chefes dos Executivos, vereadores e outros representantes, no Anfiteatro Municipal de Regente Feijó, município comandado pelo atual presidente da Unipontal, Marco Antônio Pereira da Rocha (PSDB).

16299557_1134132333381435_7530625236451986328_n

O diagnóstico do PDEPP revela que as atividades com maior potencial de alavancagem de riqueza, no período de estudo, estiveram concentradas no agronegócio, especialmente o sucroalcooleiro, que contou com um “boom” de investimentos na região, contratando mão-de-obra e organizando fornecedores locais. “Os demais setores econômicos, atrelados às vocações naturais, agrícolas e industriais da região, cresceram muito pouco e não conseguiram contribuir com maior vigor para impulsionar o crescimento econômico local e regional”, expõe.

Projetos estruturantes
Entre os dez projetos estruturantes, o plano aponta: armazenagem de cargas e grãos no Pontal do Paranapanema; recuperação da infraestrutura logística e integração multimodal; desenvolvimento, atração do setor industrial e de fornecedores das atividades produtivas associadas às potencialidades da região; infraestrutura geral: telecomunicações e energia; agregação de valor no agronegócio do leite; o mesmo no agronegócio da olericultura e da fruticultura; agregação de valor nos subprodutos das grandes produções integradas da bovinocultura; implantação do Centro de Inovação Tecnológica em Presidente Prudente para atendimento das demandas regionais; agregação de valor nos subprodutos das grandes produções integradas da cana-de-açúcar; além da integração e roteiro turístico da fronteira paulista.

“O documento não buscava refazer um novo diagnóstico da região, mas atualizar tudo o que já existia e apontar as formas de se ter projetos e ações que alavanquem o desenvolvimento econômico”, explica o diretor da Geo Brasilis, José Roberto dos Santos. Promove que o trabalho, que vai ficar disponível no site da Unipontal para download, foi elaborado através de visitas, entrevistas e reuniões com prefeitos e secretários de cada um dos municípios da Unipontal, além de consultas a todos os órgãos de administração direta e indireta, tanto do governo federal quanto estadual, os quais têm presença territorial na área de abrangência da entidade, bem como empresas privadas.

“O foco do plano são as potencialidades, muitas delas sub-aproveitadas nesta região, que é uma das últimas fronteiras agrícolas do Estado, extremamente produtiva, que, entre outros quesitos, tem rodovias duplicadas, parte da base que é importante para o fomento da atuação de negócios e do desenvolvimento econômico”, frisa José Roberto. “Então, o estudo lista os grandes projetos estruturantes, que servem não apenas a um município, mas a mais integrantes da Unipontal. Estes podem ser desenvolvidos com a iniciativa privada ou com o setor público. Para cada um desses projetos, são diversas informações e, alguns projetos, como o Centro de Inovação, já contam com recursos para investimento”, promove.

 

Saiba mais sobre o PDEPP Clicando Aqui!